noitce
Home / notícias

Retina

Diabéticos apresentam risco de perder a visão 25 vezes maior do que os que não portam a doença

No Dia Nacional de Combate ao Diabetes, comemorado hoje (14), os oftalmologistas fazem um alerta importante: diabéticos apresentam risco de perder a visão 25 vezes maior do que os que não portam a doença. Hoje, no Brasil, estima-se que o problema já atingiu 10 milhões de pessoas e não para de crescer.
 
Silencioso e sem cura, o diabetes é a incapacidade do pâncreas em produzir a quantidade de insulina necessária e, consequentemente, causa um aumento anormal do açúcar ou da glicose no sangue. "Entre as complicações comuns ao diabético está a perda de visão definitiva provocada pela retinopatia diabética”, destaca o professor doutor em Oftalmologia, Marcello Colombo Barboza, diretor do Hospital Oftalmológico Visão Laser, em Santos. A retinopatia diabética atinge mais de 75% das pessoas com diabetes há mais de 20 anos.
 
O diabetes afeta os vasos sanguíneos do olho. Um material anormal é depositado nas paredes dos vasos sanguíneos da retina, que é a região conhecida como "fundo de olho", causando estreitamento e, às vezes, bloqueio do vaso sanguíneo, além de enfraquecimento da sua parede, o que ocasiona deformidades conhecidas como microaneurismas. Esses microaneurismas frequentemente rompem ou extravasam sangue causando hemorragia e infiltração de gordura na retina.
 
"Há dois tipos de retinopatia, a que afeta a mácula, que é necessária para a visão central, usada para a leitura; e a que prolifera para o interior do olho causando graus variados de destruição da retina e dificuldades de visão. A proliferação também pode causar cegueira em consequência de um descolamento de retina”, explica o especialista. 
 
O portador do diabetes deve fazer visitas regulares ao oftalmologista e se submeter ao exame de fundo de olho, que verifica o estado das veias e artérias. A diferença é nítida entre um olho normal e o de uma pessoa com diabetes. "Em uma pessoa que não tenha o problema, as artérias e as veias estão perfeitas, não tem nenhuma hemorragia. Numa pessoa com diabetes, o fundo de olho mostra várias manchas de sangue”.
 
Controlar o diabetes evita os problemas oculares. O ideal é que isso seja feito com o endocrinologista e o oftalmologista. Já a prevenção do diabetes passa por hábitos de vida saudáveis, controle do peso, dieta alimentar balanceada, atividade física regular e verificação médica periódica dos níveis glicêmicos.